Cervejas de inverno

Cervejas de inverno

Com a mudança brusca de temperatura, a grande maioria dos consumidores de bebidas alcoólicas no Brasil tende a substituir a clássica cervejinha pelo vinho, afinal a maioria dos tipos da bebida favorita da população brasileira disponíveis são as versões mais leves e refrescantes, como Pilsen e Weiss. Mesmo com a migração em peso para o vinho , abrir mão da cerveja pode ser muito difícil e até mesmo impossível para algumas pessoas. O que parcela considerável destas pessoas não sabe é que existem inúmeras variedades de cerveja e que algumas delas têm o consumo especialmente indicado nas épocas mais frias do ano. Confira as cervejas ideais para o inverno e como identificá-las:

As cervejas artesanais estão cada vez mais conquistado seu espaço no mercado de bebidas, tendo praticamente dobrado (de 356 para 679) em apenas três anos mesmo com o aprofundamento da crise econômica: apesar do consumo ter caído no mesmo período, as variedades de rótulos, sobretudo artesanais, têm se multiplicado e oferecido cada vez mais opções (inclusive sazonais) da bebida mais amada pelo povo brasileiro.

cervejas ideais para o inverno

Cervejas ideais para o inverno

Como identificar as cervejas ideais para o inverno?

Com o crescimento de variedades, o consumidor está aprendendo a conhecer melhor e refinar o paladar acerca de diferentes fórmulas, ingredientes e receitas de cerveja. Entre as cervejas que mais têm caído no gosto popular, sobretudo no outono e no inverno, são rótulos que possuem algumas características em comum que favorecem o consumo sob essas condições climáticas:

  • Cervejas encorpadas:

    cervejas ideais para o inverno

    Cervejas ideais para o inverno: Cerveja Dunkel

    Maior concentração de malte conferem volume ao corpo da bebida, que torna-se mais densa e aveludada. O malte torrado pode contribuir com notas de café e/ou chocolate, e a combinação de diferentes ingredientes como outras variedades de malte, trigo e cevada, em conjunto com especiarias formam o sabor ideal para aquecer nos dias mais frios. A complexidade de sabor e aroma destas bebidas podem ser apreciadas em rótulos já considerados tradicionais como os maltes nobres utilizados nas Dunkel e sua cor escura, de amargor geralmente acentuado e sabor intenso com notas de café no aroma e no sabor.

  • Teor alcoólico mais elevado:

    cervejas ideais para o inverno

    Cervejas ideais para o inverno: Cerveja Bock

    O teor alcóolico elevado em relação a média das comerciais é um fator decisivo para identificar as cervejas ideais para o inverno, pois é o responsável por aumentar a sensação de calor no corpo que vai dar um chega-pra-lá no frio. Mas não esqueça: quanto mais elevado o volume de álcool, mais se deve ter cuidado com a temperatura na hora do consumo: o ideal para garantir uma apreciação adequada da complexidade de aroma e sabor varia entre 7ºC e 18ºC. Queridinhas dos países mais frios, as cervejas Bock são um ótimo exemplo da bebida que são melhor apreciadas em temperaturas mais próximas da ambiente.

 

 

 

bebidas da copa